Ondas de Choque

O tratamento por Ondas de Choque é uma modalidade utilizada nos pacientes com problemas músculo- esqueléticos que não melhoram com os tratamentos habituais. A onda de choque (ou onda de impacto) é um pulso sônico (energia cinética),  portanto não se trata de choque elétrico e, sim, energia mecânica.

As ondas de choque agem de diversas maneiras:

  • ação mecânica: causando formação de microbolhas que eclodem fragmentando a fibrose local;
  • ação analgésica por intenso estímulo local, liberando substâncias analgésicas locais que atuam na fisiologia da dor;
  • ação vascular: provocando uma congestão vascular e neoformação de vasos.

Ondas de Choque são aplicadas com sucesso para aumentar a circulação de sangue local, assim como a atividade celular do metabolismo, embora o mecanismo de funcionamento biológico ainda não esteja completamente elucidado. 

A cicatrização e regeneração tecidual são consideradas decorrentes desses efeitos das Ondas de Choque.
O tratamento é realizado por equipamentos desenvolvidos para uso em ortopedia e medicina do esporte.

Indicações

Abrangem patologias de caráter crônico como: 

  • esporão do calcâneo, 
  • tendinites calcificadas de ombro, 
  • tendinites de cotovelo 
  • outras tendinites que não foram solucionadas pelos tratamentos habituais.

Fontes:

SMBTOC – Sociedade Médica Brasileira de Ondas de Choque. https://www.sbtoc.org.br/
ISMST- International Society For Muscoloskeletal Shockwave Therapy. https://www.shockwavetherapy.org/home/