Dor Neuropática

A Dor Neuropática, é a dor que ocorre como uma consequência direta de uma doença ou lesão que afete o sistema somatosensorial (sistema nervoso).

É uma dor que costuma ter um grande impacto na vida das pessoas. Pode ser intensa e incapacitante, comumente descrita como queimação, choques, formigamento e sensações alteradas.

Existem várias causas de dor neuropática, entre as mais comuns encontramos: neuropatia diabética, neuropatia pós herpética, radiculopatia lombar (ciática), lesão direta de nervos (pós cirurgia) e muitas outras condições neurológicas e metabólicas.

O diagnóstico depende da história detalhada e exame físico minucioso, sendo útil também alguns exames complementares. A Termografia médica infravermelha é um exame de imagem funcional muito útil no diagnóstico e na avaliação do tratamento.

 

Tratamento

O tratamento da dor neuropática pode ser feito através de medicações específicas para este fim, acupuntura, reabilitação física e terapias intervencionistas da dor. Dentre as terapias intervencionistas podemos ressaltar os bloqueios anestésicos, bloqueio simpáticos, radiofrequência e a neuromodulação.

Técnicas de medicina regenerativa como o PRP (plasma rico em plaquetas) com "fatores de crescimento" são muito importantes para a cicatrização e regeneração dos tecidos. Estes podem ser úteis. Outra técnica com um grande potencial regenerativo é o BMAC (Aspirado Concentrado de Medula Óssea) que aproveita a capacidade natural do corpo para cicatrizar a si mesmo, usando células regenerativas encontradas na medula óssea do paciente.